Bolsonaro banido do WhatsApp

O senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do “Coiso”, informou que teve a conta do WhatsApp banida.

LEIA TAMBÉM
Reviravolta na eleição presidencial do Brasil, vê imprensa internacional

“A perseguição não tem limites! Meu WhatsApp, com milhares de grupos, foi banido DO NADA, sem nenhuma explicação! Exijo uma resposta oficial da plataforma”, chorou Bolsonaro filho.

O rebento não explicou, no entanto, que ele foi banido pelo excesso de fake news na campanha.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o candidato do PSL usou “dinheiro sujo” de caixa 2 para fraudar a eleição.

O candidato Fernando Haddad (PT), por sua vez, acusa Bolsonaro de criar uma organização criminosa com o fim de modificar a vontade do eleitor.

O petista ingressou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com pedido de inelegibilidade do ex-militar.

Abaixo, leia o tuíte de Bolsonaro filho:

Comentários encerrados.