Perdeu, Globo. Garotinho candidato no Rio

A Globo é a maior perdedora com a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que suspendeu, neste domingo (16), a decisão do TRF2 que indeferia o registro do candidato do PRP ao governo do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho.

A decisão de ontem entendeu que o candidato não pode ser afastado da campanha eleitoral enquanto não ocorrer o trânsito em julgado ou a manifestação da instância superior. A liminar concedida pelo ministro Og Fernandes tem validade até o julgamento pelo próprio TSE do recurso de Garotinho sobre a ação.

Garotinho poderá voltar a usar horário eleitoral gratuito no rádio e na TV e ter seu nome mantido na urna eletrônica enquanto o registro estiver sob a condição de sub judice, determinou a corte.

“Como eu previa, mais uma decisão da Justiça do Rio contra mim está sendo revista pelo TSE”, comemorou Garotinho.

Anthony Garotinho tinha sido condenado pelo TRF2, um tribunal de 2ª instância, e enquadrado o candidato na Lei da Ficha Limpa.

A Globo, que torce por Eduardo Paes (DEM), perdeu.

Veja por que a Globo não atura Garotinho: