Mulheres irão às ruas contra Bolsonaro no dia 29

Publicado em 24 setembro, 2018

O k-suco vai ferver para o lado de Jair Bolsonaro (PSL) neste sábado, dia 29, quando mulheres de todo o país prometem tomar as ruas com as palavras de ordem #EleNão, #EleNunca ao presidenciável identificado com o discurso da intolerância, do ódio, bom como posições sexistas, homofóbicas e racistas.

LEIA TAMBÉM
Jair Bolsonaro pode ter candidatura fulminada por campanha do #EleNão

.

Mais de 500 cidades irão marchar neste fim de semana no Brasil e no exterior contra a candidatura de Bolsonaro. O movimento contra a ascensão do fascismo — segundo as mulheres — também ocorrerá em Lisboa, Porto e Coimbra (Portugal), Berlim (Alemanha), Lyon (França), Galway (Irlanda), Barcelona (Espanha), Sidney e Gold Coast (Austrália), Londres (Inglaterra) e Haia (Holanda), entre outras.

Homens que não se calam diante da intolerância e da injustiça igualmente deverão se somar ao movimento plural e suprapartidário denominado “todos contra Bolsonaro” e “contra a barbárie”.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro é baixaria contra mulheres; assista

.

Nas redes sociais, artistas fazem “desafio” e convidam famosos a declarar #EleNão contra Bolsonaro. Já participaram desta “competição” Anitta, Daniela Mercury, Patrícia Pillar, Letícia Sabatella, dentre outras mulheres.

O Blog do Esmael apoia o movimento das mulheres por entender que esta manifestação é em defesa de um marco civilizatório, contra o retrocesso e a selvageria.

Assista ao vídeo de Anitta:

.