Por Esmael Morais

Moro pode ser exonerado por grampo em Lula e Dilma ainda em 2018

Publicado em 09/09/2018

O juiz Sérgio Moro poder ser punido ainda este ano, se houver decisão nesse sentido, por causa dos grampos telefônicos ilegais contra a Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva.

O ministro Dias Toffoli, que toma posse na quinta-feira (13) na presidência do STF e do CNJ, pode pautar ainda para este ano o julgamento do polêmico vazamento feito por Sérgio Moro do áudio [para a Globo] da conversa entre Lula e Dilma Rousseff, em 2016.

Se condenado, Moro poderá ser exonerado do cargo para o bem do serviço público.

O processo está na pauta do CNJ desde abril, mas atual presidenta Cármen Lúcia vinha ‘cozinhando o galo’ para não contrariar o “Consenso do Golpe” de 2016.

Toffoli poderá quebrar essa lógica do golpe a partir deste mês. A conferir.