Por Esmael Morais

Lewandowski vai relatar no STF representação do PT contra Bolsonaro

Publicado em 03/09/2018

Caberá ao ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), a relatoria da representação do PT contra a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) pelo crime de ameaça.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro ‘cai do cavalo’ ao sugerir fuzilar petralhas; PT vai ao STF

Durante o fim de semana, em Rio Branco, no Acre, Bolsonaro usou um tripé para ameaçar de fuzilamento a militância do PT.

“Vamos fuzilar a petralhada aqui do Acre. Vamos botar esses picaretas pra correr do Acre. Já que eles gostam tanto da Venezuela, essa turma tem que ir pra lá. Só que lá não tem nem mortadela galera, vão ter que comer é capim mesmo”, disparou o ex-capitão do Exército.

Na representação, os advogados do PT afirmam que “Por mera divergência política, entende o candidato ser necessário o fuzilamento de toda uma parcela da população, o que representa, a um só tempo, os cometimentos dos crimes de ameaça e incitação ao crime”.

No STF, Bolsonaro já responde pelos crimes de incitação ao estupro e injúria e a corte ainda precisa concluir outra ação sobre racismo.