Haddad foi quem mais sofreu interrupções no Jornal Nacional

A entrevista de Fernando Haddad (PT) ao Jornal Nacional ontem (14) foi uma tentativa de massacre por parte dos apresentadores Renata Vasconcellos e Willian Bonner. Mas o candidato à presidência conseguiu se esquivar dos ataques e responder com firmeza, mesmo com mais de 60 interrupções.

LEIA TAMBÉM
Haddad desmonta as armadilhas de Bonner e Renata no Jornal Nacional

O Portal da Revista Fórum colocou em números as interrupções sofridas por cada candidato na serie de entrevistas do JN.

Haddad foi interrompido 62 vezes. Mais que o triplo que o tucano Geraldo Alckmin (PSDB), com 17 vezes.

O senador Roberto Requião afirmou que “Haddad deveria ter se levantado, dito algumas verdades sobre a globo e a entrevista, e se retirado.”

Confira, abaixo, os tempos de fala de cada candidato e o número de interrupções de acordo com o levantamento feito pela Fórum.

  • Jair Bolsonaro (PSL) – 36 interrupções e 16 m 47s. de fala
  • Ciro Gomes (PDT) – 34 interrupções e 15m 20s de fala
  • Geraldo Alckmin (PSDB) – 17 interrupções e 16m 17s de fala
  • Marina Silva (Rede) – 20 interrupções e 19m 30s de fala
  • Fernando Haddad (PT) – 62 interrupções e 16m 05s de fala

Com informações da Revista Fórum.

Comentários encerrados.