Haddad cresceu 325% em um mês, revela Datafolha

O Datafolha divulgado nesta sexta (14) revelou que a intenção de voto no candidato de Lula à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), cresceu 325% em apenas um mês.

Haddad tinha 4% no levantamento de 21 de agosto, subiu para 9% no dia 10 de setembro, e agora (14/09) o candidato petista tem 13%, segundo o instituto Datafolha.

LEIA TAMBÉM
O funil do Datafolha

A título de comparação, Jair Bolsonaro (PSL), líder na pesquisa, cresceu no mesmo período 18% na preferência do eleitorado. Ele tinha 22% há um mês e ontem pontuou 26%.

Marina Silva (REDE) é a que mais perdeu em 1 mês. Ela tinha 16% e nesta sondagem tem 8%. A queda foi de 50%.

O presidenciável Ciro Gomes (PDT), com 13%, subiu 30% em um mês. Ele tinha 10% na pesquisa de 21 de agosto.

O ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) permaneceu estacionado com 9%. Não perdeu nem ganhou eleitores.

Resumo da ópera: se Haddad mantiver o ritmo de crescimento até a data da eleição, 7 de outubro, virará em 1º lugar.

Comentários encerrados.