Delegados da PF irão processar fake news de bolsonaristas

Bolsonaristas — aliados do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) — serão alvo de processos da Associação dos Delegados de Polícia Federal por disseminarem fake news, as malditas notícias falsas, após o delegado Rodrigo Morais assegurar que Adélio Bispo agiu solitariamente ao esfaquear o ex-capitão do Exército.

LEIA TAMBÉM
Folha usa ex-mulher para fulminar candidatura de Jair Bolsonaro

Nesta semana, a PF concluiu que o agressor agiu sozinho no ataque ocorrido dia 6 de setembro em Juiz de Fora (MG). Bolsonaro colocou em suspeição a investigação dos federais e isto açulou os bolsonaristas nas redes sociais.

A PF promete para esta sexta (28) um relatório conclusivo do caso.

Comentários encerrados.