Bolsonaro faz gesto de arma de fogo com as mãos mesmo esfaqueado

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), mesmo esfaqueado, continua a fazer gestos de arma com as mãos. Foi o que ocorreu na manhã de hoje (8) no hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde ele está internado.

LEIA TAMBÉM
Globo em campanha aberta por Bolsonaro; adeus, Alckmin

“Meu pai segue evoluindo e começou agora a fisioterapia. Muito obrigado a todos pela força e pelas orações! Pessoal do Rio de Janeiro, amanhã (domingo), às 11:00, no posto 6, tem ato pela vida de Bolsonaro, em Copacabana. Em breve mais detalhes, tá ok?!”, escreveu em seu perfil nas redes sociais Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), candidato ao Senado.

O Brasil e o mundo esperavam que Bolsonaro evoluísse como ser humano, deixasse de lado a bravata e o estímulo à violência. Mas se enganaram. Prevaleceu o presidenciável que se comporta como se fosse garoto-propaganda do lobby da indústria armamentista.

Comentários encerrados.