Alckmin perde o ‘norte’ com facada em Bolsonaro

Publicado em 7 setembro, 2018

A vítima da facada foi Jair Bolsonaro (PSL), mas quem perdeu o ‘norte’ político na campanha foi Geraldo Alckmin (PSDB).

Temendo rejeição do eleitorado, o tucano retirar inserções no horário eleitoral contrárias ao adversário esfaqueado nesta quinta (6).

.

LEIA TAMBÉM
PT estuda levantar a bandeira da ‘Cultura da Paz’ na propaganda eleitoral

As substituições das peças no rádio e na TV foram autorizadas pelo TSE “considerando as circunstâncias excepcionais”, escreveu o ministro Carlos Bastide Horbach.

Dentre as propagandas tiradas do ar estão a da “bala” e sobre a agressão às mulheres.

.

Para complicar ainda mais a situação do candidato do PSDB, a XP/Ipespe divulgou hoje (7) pesquisa mostrando que o tempão no horário eleitoral não está sendo suficiente para alavancá-lo. Segundo o levantamento, o 2º turno será entre Bolsonaro e Fernando Haddad (PT).