No 30 de agosto, Alvaro Dias e Beto Richa serão “lembrados” pelos professores

Os professores da rede estadual de ensino estão preparando uma paralisação para esta quinta-feira, 30 de agosto. A data marcará os 30 anos desde que o então governador do Paraná, Alvaro Dias, colocou a cavalaria da Polícia Militar para bater nos professores que se manifestavam em frente ao Palácio Iguaçu. O ex-governador Beto Richa também será “lembrado” pelo massacre de 29 de abril de 2015.

LEIA TAMBÉM: 29 de abril de 2015: O dia em que o Paraná chorou sangue

A APP-Sindicato está preparando grandes manifestações para marcar a data. A principal será em Curitiba. Há 30 anos, professores(as) e funcionários(as) fazem deste dia um dia de luto e luta.

Além de relembrar esses momentos tristes da história do Paraná, a APP está reiterando a pauta de reivindicações dos educadores. Ela inclui o pagamento da data-base, a retirada de faltas das greves anteriores, a integralidade da hora-atividade e a revisão salarial dos PSS, entre outros pontos.

Assista ao vídeo que relembra os dois episódios:

Com informações da APP-Sindicato.

Comentários encerrados.