Por Esmael Morais

MST ocupa entrada do Conselho Nacional de Justiça por liberdade de Lula

Publicado em 21/08/2018

Foto: Juliana Adriano | MST

O k-suco ferveu na manhã desta terça (21), em Brasília, com um protesto do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A entrada do prédio do órgão foi ocupado por pequenos agricultores que exigem a liberdade do ex-presidente Lula, preso há 137 dias na Polícia Federal de Curitiba.

LEIA TAMBÉM
Lula teve candidatura chancelada pela ONU e Ibope

Os integrantes do MST reivindicam a imediata soltura de Lula, líder das pesquisas presidenciais, e pedem uma audiência com a presidenta do Supremo Tribunal Federal (STF) e do CNJ, ministra Cármen Lúcia, para explicarem os motivos da greve de fome de sete membros de movimentos populares que já dura 21 dias.