Lewandowski, do STF, aceita receber militantes há 10 dias em greve de fome

Publicado em 9 agosto, 2018
Compartilhe agora!

Os sete militantes em greve de fome pela liberdade de Lula serão recebidos pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski.

O ministro Marco Aurélio Mello também poderá receber os grevistas de fome nos próximos dias, segundo Frei Sérgio Gorgen, um dos grevistas.

Na tarde desta quarta (8), o senador Roberto Requião entrevistou os grevistas no Centro Cultural Brasília. “Os grevistas mostraram que são sérios e que têm um projeto além da libertação de Lula. É também pela libertação do Brasil”, testemunhou o parlamentar.

Há dez dias sem comer nada, os grevistas já começam a passar mal. Segundo o grupo formado por militantes de pequenos agricultores e sem terra, Zonália Santos, de Rondônia, precisou ser hospitalizada ontem.

“O Supremo dirá quando a greve de fome terminará”, declarou Frei Sérgio.

Além de Frei Sérgio e Zonália Santos, estão em greve de fome os militantes Jaime Pacífico, Rafaela Alves, Luiz Gonzaga Silva e Leonardo Nunes Soares.

Compartilhe agora!