General Mourão, vice de Bolsonaro, defende ação militar para impedir candidatura de Lula

O general Hamilton Mourão, vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL), defende uma ação militar para impedir a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva.

Ao Valor, Mourão disse que a tentativa de o PT impor a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde abril, justificaria uma ação militar, se houvesse uma “revolta popular”.

Em menos de uma semana no “cargo”, o general Hamilton Mourão já coleciona polêmicas dignas de seu companheiro de chapa e ex-capitão do Exército. No início desta semana, por exemplo, o vice de Bolsonaro atribuiu à herança indígena a “indolência” e aos africanos a “malandragem” dos brasileiros.

Comentários encerrados.