Aliança de Alvaro Dias com PSC prejudica candidatura do irmão no Paraná

A aliança do senador Alvaro Dias (Podemos) com o PSC azedou o arroz doce de seu irmão, Osmar Dias (PDT), pré-candidato ao governo do Paraná.

O PSC indicou Paulo Rebello de Castro como vice de Alvaro. É aí que a porca torce o rabo, pois o partido é feudo de Ratinho Junior no Paraná — o filho do apresentador Ratinho, do SBT.

Ao concordar com Rebello de Castro como vice, Alvaro desceu do palanque de Osmar e subiu no do adversário. Ou seja, o pedetista foi deixado na estrada pelo próprio irmão.

Em troca, Alvaro ganha o apresentador Ratinho em seu palanque presidencial.

Na Assembleia Legislativa do Paraná, nesta quarta (1º), deputados da oposição, da situação e os de cima do muro apostam que Osmar Dias irá desistir nas próximas horas da corrida pelo Palácio Iguaçu.

Sem apoio do próprio irmão Alvaro e brigado com Requião, Osmar tem duas opções: 1- ou se alia ao algoz e sai a senador na chapa de Ratinho ou 2- vai para Formosa do Araguaia cuidar das vacas.

“E aí tem aquele cara guloso que queria comer o queijo do rato e acabou comido pelo próprio rato!”, resumiu Requião.

Comentários encerrados.