3º militar do Exército morre no Rio; Datafolha diz que caiu apoio à intervenção

Morreu hoje (22) o 3º militar do Exército alvejado na megaoperação das forças de segurança nos complexos de favelas do Alemão, da Penha e da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro.

Em decorrência da ação ocorrida na segunda (20), morreu hoje o soldado Marcus Vinicius Viana Ribeiro; antes, também faleceram o cabo Fabiano de Oliveira Santos e o soldado paraquedista João Viktor da Silva.

LEIA TAMBÉM
Dispara número de mortes violentas durante intervenção federal no Rio

Paralelamente ao anúncio da terceira morte de integrantes do Exército, o Datafolha divulgou nesta quarta que caiu 17 pontos o apoio à intervenção das forças armadas nas favelas cariocas.

De acordo com o instituto de pesquisa, o apoio aos militares era de 83% em outubro de 2017 — quando as forças armadas “chegaram” ao Rio para combater a violência por meio do decreto da chamada operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). Agora, coincidindo com as três mortes, 66% aprovam a intervenção federal.

Comentários encerrados.