Veja essa: Ex-apresentadora da Globo não passa na convenção do PMN

A ex-apresentadora do Fantástico e do Jornal Nacional, Valéria Monteiro, teve a candidatura à Presidência da República rejeitada neste sábado (21) pela convenção nacional do Partido da Mobilização Nacional (PMN).

Sem direito a voz no evento de hoje, a ex-Globo não pôde defender o lançamento de candidatura própria e por isso recorreu aos berros. Entretanto, a moça foi contida por seguranças e ameaçada de expulsão do local.

A direção nacional do PMN, para barrá-la, alegou que Valéria Monteiro não atingiu 3% nas pesquisas de intenção de voto.

Cá entre nós: o PMN foi autoritário demais, pois não se pode negar a palavra a um pré-candidato; também não se pode levar a sério a cláusula de barreira imposta; se o mesmo critério fosse utilizado no MDB, coitado do Henrique Meirelles, ele mal tem 1% nas sondagens de opinião.

Com informações da Agência Brasil

Comentários encerrados.