Temer despreza trabalhadores ao deixar lambança no Ministério do Trabalho

Não que o ministro afastado Helton Yomura valha alguma coisa ou deixe valer. Longe de emitir juízos de valor. Mas a lambança sem-fim no Ministério do Trabalho, desde fevereiro acéfalo na prática, mostra o desprezo de Michel Temer pelos trabalhadores brasileiros.

LEIA TAMBÉM
STF afasta ministro do Trabalho

Tal ódio à força obreira do país ficou evidente com a reforma trabalhista, que trouxe de volta a semiescravidão para o século XXI, ao precarizar a mão-de-obra, retirar direitos e promover o desemprego de 14 milhões de homens, mulheres e jovens.

Criado por Getúlio Vargas em 1930, o Ministério do Trabalho nasceu justamente para proteger os trabalhadores da fúria do capital e garantir a implantação das promessas da Revolução.

Temer quebrou a “espinha dorsal” de resistência dos trabalhadores ao enfraquecer o Ministério do Trabalho.

Comentários encerrados.