PT vai radicalizar nos próximos dias pela libertação de Lula

Os dirigentes petistas sacaram que o “bico doce” não funciona com a mídia e o judiciário, principais artífices do golpe que mantém Lula prisioneiro político em Curitiba há 113 dias. Por isso o PT tende a radicalizar pela libertação imediata do ex-presidente.

O start foi dado semana passada pelo ex-ministro Gilberto Carvalho que sugeriu um “levante popular” para tirar Lula da cadeia.

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) também anunciou pela boca de Vagner Freitas, presidente da entidade, que “agora é guerra” pela liberdade de Lula.

Portanto, as manifestações da Vigília Lula Livre são apenas a preparação do terreno para a radicalização do movimento pela imediata soltura do ex-presidente Lula.

Aliás, o início dos flash mobs na capital paranaense coincidiu com uma virada de Lula nas pesquisas de opinião. O petista vence a disputa em Curitiba e em todo o estado do Paraná, segundo as sondagens.

Comentários encerrados.