Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Moro jura que não estava em Portugal no ‘domingo negro’ contra Lula

O juiz Sérgio Moro vai alegar em sua defesa no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que não estava em Portugal, no domingo (8), durante o imbróglio da soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A informação é do Valor.

LEIA TAMBÉM
URGENTE: Moro será investigado pelo CNJ

Trata-se, porém, de uma perfumaria do magistrado da lava jato. Ele não poderia interferir ou descumprir decisão judicial mesmo estando em Curitiba ou na China.

Moro, que está em férias de 2 a 31 de julho, ordenou à Polícia Federal do Paraná que não cumprisse a decisão do desembargador Rogério Favreto, do TRF4, para libertar Lula.

Por sua vez, o senador Roberto Requião (MDB-PR), disse que os equívocos cometidos pelos juízes Sérgio Moro, Gebran Neto e Thompson Flores que, ao contestarem a libertação do ex-presidente, assumiram um papel que a lei reserva ao Ministério Público.

Ouça o que disse Requião:

.

Comentários desativados.