Moro é criticado por PF, que concordou com a liberdade de Lula

Acabou a lua de mel entre a Polícia Federal e o juiz Sérgio Moro depois que o titular da lava jato desobedeceu a ordem para soltar o ex-presidente Lula.

LEIA TAMBÉM
Manifestação ‘Lula Livre’ agita Mercado Municipal de Curitiba; assista

Segundo o jornalista Maurício Lima, da coluna Radar, na Veja, “gente graúda” da PF faz coro às críticas de que o juiz avançou o sinal quando tentou derrubar uma decisão de instância superior para manter Lula preso.

No domingo, 8 de julho, o desembargador do TRF4 Rogério Favreto concedeu habeas corpus libertando Lula. Mesmo de férias, Moro interferiu para que o petista fosse mantido preso na superintendência da PF de Curitiba.

O ex-presidente Lula é mantido preso político há 107 dias na Polícia Federal de Curitiba. O petista cumpre pena antecipada de 12 anos e um mês, mesmo sendo condenado sem uma única prova. O petista lidera todas as pesquisa para a eleição de outubro.

Comentários encerrados.