Dias Toffoli é alvo de ‘fake news’ nas vésperas de assumir presidência do STF

Os cães de aluguel de especuladores, travestidos de mídia, atacam “preventivamente” o ministro Dias Toffoli nas vésperas de assumir a presidência do Supremo Tribunal Federal (STF).

Michel Temer viajará na segunda quinzena de julho para Cabo Verde (17 e 18), México (23 e 24) e África do Sul (25 a 27). A presidência da República ficará a cargo de Cármen Lúcia, presidenta do STF, haja vista que os presidentes da Câmara e do Senado não podem substituir o Vampirão Neoliberalista em virtude da lei eleitoral (eles ficariam inelegíveis).

Pois bem, na condição de vice Dias Toffoli assumirá a presidência do STF. É dele a competência durante o recesso de decidir sobre novos recursos como, por exemplo, habeas corpus. E é aí que dá dor de barriga na cachorrada.

Os setores golpistas na mídia, no judiciário e na banca financeira teme que Toffoli repita o desembargador do TRF4, Rogério Favreto, libertando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Há “plausibilidade” de sobra para a soltura do petista, bem como precedentes recentes. Vide os casos dos ex-ministros José Dirceu e Henrique Alves.

Comentários encerrados.