CUT anuncia para o Brasil: “agora é guerra” pela liberdade de Lula

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, disse nesta sexta (20) que “agora é guerra” na luta pela liberdade de Lula.

LEIA TAMBÉM
Lula só sairá da cadeia com um levante popular, afirma Gilberto Carvalho

“Não vai ser por medida judicial que eles vão soltar o Lula. Quem vai soltar é o movimento operário na rua”, disse o líder sindical à Rede Brasil Atual.

A central pretende levar milhares de trabalhadores e militantes até Brasília em 15 de agosto, quando a candidatura Lula deverá ser registrada formalmente.

As manifestações de trabalhadores pró-Lula terão início no próximo dia 10 de agosto, quando as centrais farão paralisações e protestos em todo o país.

Comentários encerrados.