Ciro Gomes é aclamado no PDT candidato a presidente da República

“Considero por aclamação a partir de hoje a candidatura de Ciro Gomes oficializada”, iniciou o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, na convenção pedetista.

O ex-ministro retribuiu a Lupi: “Se não fosse sua fraterna luta ao meu lado, não estaria aqui”.

Em seu discurso, sinalizando para a esquerda, Ciro se colocou como candidato do combate ao desemprego e à miséria.

“Só no ano passado, o Pais viu a pobreza crescer. No momento em que nos reunimos nessa Convenção, 13 milhões de brasileiros amargam o desemprego”, disse o presidenciável.

O candidato do PDT ainda bateu na banca ao afirmar que “nos últimos 15 anos permitiu-se que o sistema financeiro concentrasse 85% de todas as transações financeiras”.

Com forte pegada nacionalista, Ciro destacou o papel da indústria no desenvolvimento do nosso País e denunciou que entre 2013 e 2016, mais de 70 mil estabelecimentos comerciais foram fechados no Brasil. “Todos esses dados me doem no fundo da alma”, disse.

Comentários encerrados.