Bolsonaro ainda pode deixar Alckmin fora do 2º turno, diz pesquisa

Compartilhe agora!

Primeiro foi a revista Veja a publicar uma capa alertando sobre o perigo que representa Jair Bolsonaro (PSL) para a candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência da República.

Depois foi a vez da XP Investimentos, ligado ao Banco Itaú, divulgar nova pesquisa que tira o ex-governador do segundo turno.

O levantamento da XP traz os seguintes números: Bolsonaro 22%, Haddad (apoiado pelo Lula) 12%, Marina 10%, Alckmin 9%, Ciro Gomes 9% e Álvaro Dias 5%. Brancos/nulos/não sabe 29%.

LEIA TAMBÉM
Pesquisa Vox Populi mostra Lula imbatível com mais que o dobro dos adversários

“É delírio achar que Bolsonaro está morto e que a esquerda estaria fora do segundo turno”, analisa o jornalista Ricardo Cappeli.

O alerta geral deste fim de semana ficou claríssimo: Bolsonaro pode deixar Alckmin ‘na estrada’ (fora do 2º turno) ‘com Centrão e tudo’ – para usar a expressão do senador Romero Jucá (MDB-RR).

O único que está garantido no segundo turno é Luiz Inácio Lula da Silva ou quem o PT indicar como candidato.

Resumo da ópera: Bolsonaro, a exemplo, da ‘jararaca’ não morreu porque não lhes cortaram a cabeça.

Compartilhe agora!