Alckmin continua com 6% nas pesquisas, até prova em contrário

Apesar da celebração da mídia pelo apoio do Centrão, Geraldo Alckmin (PSDB) continua com 6% nas intenções de voto — até prova em contrário, qual seja, uma nova pesquisa.

Nas últimas horas, com o início das convenções partidárias, a velha mídia golpista fez uma verdadeira blitzkrieg contra as candidaturas de Jair Bolsonaro (PSL) e Ciro Gomes (PDT). Ambos pensavam ficar com parte dos partidos que compõem o Centrão.

O diabo para a mídia tucano é que ainda tem água para rolar debaixo da ponte. As agremiações têm até 15 de agosto para registrar as candidaturas. As convenções indicam, mas delegam às executivas as coligações.

Embora os jornalões tenham soltado rojão celebrando o “acordo” entre Alckmin e Centrão, há fissuras gravíssimas nesse arranjo. O empresário Josué de Alencar (PR), por exemplo, não confirmou presença na chapa do ex-governador. O deputado Paulinho da Força (SD) pode trair o blocão e socorrer Ciro, enfim, o candidato tucano ainda só tem 6% nas intenções de voto.

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, afirmou ontem (20) em tom irônico que se torcida da Globo e tempo de TV ganhasse alguma coisa, a seleção brasileira seria a campeã da Copa.

Comentários encerrados.