Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Absolvição reforça ilegalidade da prisão de Lula

A sentença absolutória em favor de Luiz Inácio Lula da Silva, na acusação de obstrução de Justiça, reforça o caráter ilegal da prisão do ex-presidente.

O juiz da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, Ricardo Leite, absolveu Lula do primeiro processo que ele se tornou réu na lava jato. Ou seja, o magistrado desnudou a fake news da operação do juiz Sérgio Moro, segundo a senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT.

LEIA TAMBÉM
Zanin: Absolvição de Lula desnuda ilegalidade do caso tríplex; assista ao vídeo

Assim como no caso do tríplex, que rendeu condenação e antecipação da penal, a obstrução de Justiça também surgiu de uma delação premiada. Entretanto, diferente da perseguição de Moro, o juiz de Brasília [Ricardo Leite] absolveu Lula atendendo ao princípio ‘in dubio pro reo’ (na dúvida o juiz interpreta favorável ao réu).

O cumprimento de pena antecipada de 12 anos e um mês, o mundo todo sabe, é uma flagrante ilegalidade. Até agora, nenhum dos tribunais que condenaram o petista apresentam sequer uma prova. Por isso não há dúvida que Lula é um preso político cujo objetivo de seus algozes é evitar que ele participe da eleição de outubro.

Comentários desativados.