URGENTE: Grampos ilegais de Moro serão julgados pela 2ª Turma do STF

Os grampos ilegais do juiz Sérgio Moro nos telefones da presidenta eleita Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula irão a julgamento na sessão da 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal, decidiu o ministro Ricardo Lewandowski, que preside o colegiado.

Em março de 2016, Moro vazou para a Globo conversas telefônicas de Lula e Dilma — gravadas ilegalmente — com o intuito de gerar comoção e propiciar o impeachment da petista.

Inicialmente o ministro Edson Fachin encaminhara o recurso da defesa de Lula para julgamento em plenário virtual, sem debates, mas na terça (12) Lewandowski determinou análise com “destaque” na Segunda Turma do STF.

A Segunda Turma é formada pelos seguintes ministros: Lewandowski, Fachin, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Celso de Mello.

Comentários encerrados.