Trump e Kim assinam cooperação para desnuclearização das Coreias

Os presidentes da Coreia do Norte, Kim Jong-un, e dos Estados Unidos, Donald Trump, assinaram hoje (12) em Singapura um termo de cooperação na cúpula histórica sobre a desnuclearização da Península Coreana.

LEIA TAMBÉM
Globo vira piada nas redes sociais diante de encontro histórico entre Trump e Kim Jong-un

Depois de passarem os últimos meses se insultando mutuamente pelas redes sociais, Trump e Jong-un parecem hoje que têm mais coisas em comum do que se imaginava antes.

A seguir, leia os pontos do documento de cooperação assinado na cúpula de Singapura:

* Reafirmando a Declaração de Panmunjon, de 27 de abril de 2018, a Coreia do Norte se compromete a trabalhar para a “completa desnuclearização da península”;

* EUA e Coreia do Norte se comprometem a recuperar restos mortais de prisioneiros de guerra, começando pela imediata repatriação daqueles já identificados; 

* Ambos os países irão “construir um duradouro e estável regime de paz” na Península Coreana;

* Os dois líderes também se comprometeram a estabelecer novas relações entre os EUA e a Coreia do Norte, de acordo com o desejo de paz e prosperidade da população dos dois países;

* Os EUA se comprometeram a dar “garantias de segurança” à Coreia do Norte;

* O Secretário de Estado americano, Mike Pompeo, deverá se reunir “na data mais próxima possível” com um alto funcionário norte-coreano para continuar o diálogo bilateral sobre a desnuclearização.