Requião pode desistir de apoiar Osmar Dias no Paraná

Osmar Dias (PDT) pode perder o apoio do senador Roberto Requião (MDB) na disputa pelo governo do Paraná.

O senador emedebista anda irritado com correligionários do irmão Alvaro Dias (Podemos) que espalham que ele [Requião] tem “rejeição alta” e isto irá atrapalhar na campanha.

Requião lidera a corrida pelo Senado e aparece embolado na disputa pelo Palácio Iguaçu. Historicamente, na largada o parlamentar tem um quarto do eleitorado paranaense.

Entretanto, o senador Roberto Requião não quer deixar os deputados do MDB na mão. Ele pensa ficar “independente” na peleja pelo governo do estado, mas os candidatos estaduais e federais ficariam livres para marchar com Osmar Dias — se assim desejarem.

A fórmula Requião “independente” agrada o candidato do PT, Dr. Rosinha, que vê semelhança entre os fiéis eleitores requianistas e petistas.

A governadora Cida Borghetti (PP), que vai à reeleição, e o deputado Ratinho Junior (PSD), que se engalfinham no campo situacionistas, também aplaudem o afastamento de Requião da candidatura de Osmar.