Por Esmael Morais

Por Temer, Estadão defende lei de abuso de autoridade

Publicado em 24/06/2018

O amor do Estadão por Michel Temer foi estampado no editorial deste domingo (24) a ponto de o jornalão propugnar pela lei de abuso de autoridade do senador Roberto Requião (MDB-PR).

LEIA TAMBÉM
Quando é contra Lula, Estadão esquece do “garantismo” nos editoriais

“Tivesse sido aprovado o projeto de lei que trata do abuso de autoridade, estaria agora o sr. Rodrigo Janot em complicada situação com a Justiça, tendo que explicar por que usou as prerrogativas do seu cargo para transmitir ao País uma informação falsa, que afetou gravemente a honorabilidade do órgão máximo do Poder Judiciário”, diz um trecho do editorial.

O Estadão afirma que o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, estaria mau lençóis se já estive em vigor porque, no cargo, teria espalhado fake news com o objetivo de derrubar Temer.

“No ano passado, em duas ocasiões, o País ficou refém, com grandes prejuízos econômicos, sociais e institucionais, de informações que depois foram desmentidas”, escreveu o jornalão.

Faltou o Estadão terminar o editorial assim: ‘Querido Michel Temer, se você espirrar, saúde!’