Parlamentares lançam frente contra privatização das refinarias da Petrobras

Na Câmara dos Deputados Federais, em Brasília, foi lançada nesta quarta-feira (20),  a Frente Parlamentar em Defesa das Refinarias da Petrobrás, mais uma frente de luta contra a privatização da empresa. A Frente é presidida pelo deputado federal Bohn Gass (PT-RS) e conta com a participação de mais de 200 parlamentares de diversos partidos e estados do país. Além da Federação Única dos Petroleiros (FUP), sindicatos e especialistas da área.

O modelo de privatização das refinarias da Petrobrás foi desenhado para entregar inicialmente ao setor privado o controle acionário das refinarias do Nordeste e do Sul do país, em dois grandes pacotes de ativos, que incluem duas refinarias em cada região, além de todo o sistema de logística da Transpetro para distribuição e escoamento dos derivados produzidos por elas.

O pacote de privatização inclui as refinarias Alberto Pasqualini (REFAP/RS) e Presidente Getúlio Vargas (REPAR/PR), sete terminais e 736 km de oleodutos.  Já no Nordeste, oferece ao mercado as refinarias Landulpho Alves (RLAM/BA) e Abreu e Lima (RNEST/PE), além de cinco terminais e 770 Km de oleodutos.

Juntas, as quatro refinarias que estão sendo vendidas representam 36% da capacidade de refino do país e são responsáveis por abastecer toda região Sul, Norte e Nordeste, além de Minas Gerais e Mato Grosso do Sul.

Comentários encerrados.