Papa Francisco vai acabar excomungando esse pessoal da velha mídia

Publicado em 12 junho, 2018
Compartilhe agora!

Se o assessor do Papa Francisco barrado na visita a Lula, na PF de Curitiba, for verdadeiro, como parece ser, esse pessoal da velha mídia vai acabar sendo excomungado pelo Pontífice.

O senador Roberto Requião (MDB-PR), amigo de Jorge Bergoglio, o Papa, desde a juventude, disse que o ‘ódio de veículos de comunicação’ e de ‘jornalistas’ ensejaria excomunhão liminar “Inaudita Altera Pars” (sem ouvir a outra parte). O parlamentar é um dos principais estudiosos da Bíblia Sagrada.

A velha mídia brasileira, ainda ressentida com a sabugada que levou do Papa Bergoglio em maio, se esforça o quanto pode na tentativa de desqualificar o argentino Juan Gabrois — emissário da Santa Sé que trouxe um rosário abençoado para o ex-presidente Lula.

Em maio, o Pontífice criticou o papel da mídia na difamação de figuras públicas. “Criam-se condições obscuras para condenar uma pessoa. A mídia começa a falar mal das pessoas, dos dirigentes, e com a calúnia e a difamação essas pessoas ficam manchadas. Depois chega a Justiça, as condena, e no final, se faz um golpe de Estado”, afirmou na ocasião.

Juan Grabois é consultor do papa Francisco para assuntos de Justiça e Paz.

Assista ao vídeo com o assessor do papa Francisco:

Compartilhe agora!