Lula rejeita acordo para deixar prisão em troca de abandonar candidatura

Luiz Inácio Lula da Silva mandou dizer que rejeita trocar a candidatura à Presidência da República por sua liberdade. O recado foi transmitido pelo ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad.

De acordo com Haddad a proposta foi “abre mão da sua candidatura que você sai da cadeia, que a gente liberta você”.

LEIA TAMBÉM
“Lula é um candidato sequestrado”, denuncia senador Requião

O ex-presidente Lula foi lacônico na resposta: “Me apresentem uma prova que eu abro mão da minha candidatura”.

A proposta da barganha ocorre em um momento que o mundo denuncia a prisão política de Lula. O jornal britânico The Guardian, por exemplo, destacou que o ex-presidente é mantido em reclusão para que não participe como candidato nas próximas eleições.

“Lula é um preso político e uma vítima de ‘lawfare’ – o uso indevido da lei para fins políticos”, publicou o jornal.

Lula é mantido preso político na Polícia Federal de Curitiba, sem provas, há 65 dias. Na última sexta-feira (8), o PT lançou sua pré-candidatura e neste domingo (10) o Datafolha divulgou que o ex-presidente segue liderando a corrida presidencial de outubro.

Comentários encerrados.