Por Redacao

“Ivan Monteiro é mais do mesmo”, alerta a Federação dos Petroleiros

Publicado em 04/06/2018

A Federação Única dos Petroleiros (FUP), no seu site, alerta a população sobre a trajetória e as ligações do novo presidente da Petrobras, Ivan Monteiro. “Braço Direito do Deus Mercado, Monteiro foi vice-presidente do Banco do Brasil entre 2009 e 2015. Antes de se tornar presidente interino da Petrobras, ocupava a diretoria financeira e era o responsável pelo programa de privatização da empresa, que tem como meta vender R$ 21 bilhões em ativos até o fim deste ano”, esclarece a FUP.

A entidade caracteriza o executivo como um quadro afinado com o mercado e os interesses privatizantes do governo golpista. “Empresário, banqueiro, executivo, bem relacionado com o mercado financeiro e internacional. Essas são as condições exigidas pelo atual Conselho de Administração da Petrobrás e MiShell Temer para o currículo de presidente golpista da empresa. Ivan Monteiro, o nomeado, cumpre o requisito entreguista”.

“A luta dos petroleiros iluminou para a população brasileira que a crise instalada no país está diretamente ligada com a atual política de preços e a privatização do Sistema Petrobrás. A greve dos petroleiros e dos trabalhadores caminhoneiros e a pressão da população, fizeram com que Pedro Parente pedisse demissão”, assinalou a Federação dos Petroleiros.

A entidade continua a mobilização em defesa da Petrobras e não descarta a convocação de uma nova greve da categoria.

*Com informações da FUP