Fachin deu golpe para manter Lula preso político

Publicado em 23 junho, 2018
Compartilhe agora!

O ministro do STF Edson Fachin deu o golpe ontem (22), retirando o pedido de liberdade de Lula da pauta da 2ª Turma, para manter preso político o ex-presidente da República.

LEIA TAMBÉM
Defesa vai recorrer de decisão de Fachin

O PT alimentava a expectativa com o exame do pedido de efeito suspensivo da execução da pena, na terça (26), poderia deixar o ex-presidente aguardar em liberdade enquanto os recursos são julgados nas instâncias superiores e a suspensão da inelegibilidade gerada com a condenação na segunda instância da Justiça.

Entretanto, Fachin mudou as regras do jogo para manter Lula preso e afastá-lo da disputa pela Presidência da República. A Globo e o tucanato agradecem ao ministro.

Nos últimos dias, Lula, por meio de interlocutores, disse que só a morte o tiraria da corrida presidencial de outubro. Ou seja, com a declaração, ele rejeitava acordo para desistir da candidatura em troca da liberdade.

O ex-presidente Lula é mantido preso político há 78 dias na carceragem da Polícia Federal de Curitiba.

Compartilhe agora!