Trump e Kin Jong Un ‘cara a cara’ em junho

O encontro de cúpula entre Donald Trump e o presidente norte-coreano Kim Jong Un será em 12 de junho em Singapura, anunciou nesta quinta-feira o presidente norte-americano pelo Twitter. “Vamos fazer com que seja um momento especial para a paz mundial!”, ressaltou Trump em sua mensagem. O anúncio é feito depois que Pyongyang libertou três cidadãos americanos que estavam detidos na Coreia do Norte.

Trump e sua esposa Melania receberam nesta madrugada em uma base aérea próxima de Washington os três libertados, que viajaram acompanhados pelo secretário de Estado, Mike Pompeo.

O presidente americano comunicou-se por telefone com o líder da Coreia do Sul, Moon Jae-in, a quem expressou a esperança de que a libertação dos três detidos pudesse impactar positivamente o encontro com Kim.

A Casa Branca insiste que a prioridade do governo é obter a eliminação total do programa de armas nucleares do governo norte-coreano.

Pyongyang, por sua vez, defende a desnuclearização da península coreana, em uma referência clara à enorme presença militar americana na Coreia do Sul.

O encontro será um marco histórico na tumultuada relações entre os dois países.

*Com informações das Agências

Comentários encerrados.