Tiros contra caravana de Lula no Paraná foram planejados, afirma delegado

Compartilhe agora!

O delegado responsável pelo inquérito sobre o ataque à caravana de Lula no Paraná, Hélder Laudia, afirmou que os tiros contra o ônibus foram parte de um ação planejada. Segundo o delegado, o autor se posicionou e esperou a passagem da caravana.

“Quem fez isso sabia o que estava fazendo. Não podemos dizer que foi algo orquestrado e o que motivou. Mas, a pessoa não estava lá atirando em passarinhos e por acaso acertou o ônibus”, comentou.

A perícia e o inquérito ainda não foram concluídos, e o delegado deve pedir mais prazo para as investigações, mas as conclusões até o momento apontam para a intencionalidade em acertar a caravana.

O atentado aconteceu no dia 27 de março, na rodovia PR-473 entre Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul. A munição utilizada foi de calibre .32 e o atirador deve ter aproximadamente 1,70 m de altura.

Compartilhe agora!