Por Esmael Morais

Requião Filho: “Policial não existe para bater em professor”

Publicado em 07/05/2018

O deputado Requião Filho (MDB-PR) afirma que a área da segurança pública virou refém da propaganda no extinto governo Beto Richa (PSDB). Ele critica o fato de o tucano ter usado a repressão policial contra professores no famigerado 29 de abril de 2015.

A Segurança Pública do Paraná e meu papel na oposição da Assembleia Legislativa

Requião Filho*

Em minhas três últimas colunas discuti um pouco com você sobre os motivos que me levam a ocupar uma das cadeiras da Oposição na Assembleia Legislativa do Paraná. Hoje, pretendo encerrar este ciclo falando de um tema pelo qual tenho muito apreço: Segurança Pública.

Sei que já, por diversas vezes, refletimos os problemas enfrentados no Paraná diante da visível fragilidade da Segurança Pública. Diferente do que vemos nas lindas propagandas, não há policiais suficientes, as viaturas não possuem manutenção adequada, os equipamentos de proteção estão obsoletos, os servidores desmotivados e o caos domina o Estado.

Policial não existe para bater em professor, não foi treinado para massacrar servidor, mas para defender a todos e ao Estado. Entristece ver que eles estão perdendo a garantia de sua aposentadoria, assim como os demais servidores, e ver as péssimas condições de trabalho que enfrentam no dia-a-dia. É um enfrentamento desigual no combate ao crime, onde quem sai perdendo são os cidadãos de bem, os heróis que tentam cumprir com sua jornada, mesmo desfalcados.

Vemos casas de famílias arrombadas todos os dias, incontáveis carros furtados, assaltos em ponto de ônibus e a insegurança, o medo e o pânico coletivo dominando nosso cotidiano. São situações que alimentam as manchetes dos jornais, mas que retiram de nós o prazer de experimentar uma vida segura. Cabe ao Estado levar à população esta sensação de segurança. Cabe ao Estado conferir às suas polícias condições dignas de trabalho. Cabe a ele a manutenção da ordem.

Sou oposição por acreditar que inúmeras políticas públicas poderiam ter sido adotadas para a redução dos índices de criminalidade no Estado. Sou oposição por querer servidores civis e militares bem remunerados, respeitados; por querer escolas construídas e ofertando ensino de qualidade; por lutar por menos impostos e mais empregos…

Sou oposição por saber que a vida do paranaense, a SUA VIDA, poderia ser mais segura.

*Requião Filho é deputado estadual pelo MDB do Paraná.