Greve dos caminhoneiros já afeta voos e compromete abastecimento de veículos no país

Compartilhe agora!

A greve dos caminhoneiros já afeta voos e compromete abastecimento de aeronaves e veículos, pois o combustível não chega aos aeroportos e postos no país. Michel Temer não conseguiu encontrar solução para a paralisação que hoje (22) entrou no segundo dia.

LEIA TAMBÉM
Michel Temer pode cair com greve de caminhoneiros

Temer foi alertado do possível desabastecimento de combustível no aeroporto de Brasília e, na manhã desta terça (22), faltava etanol nos postos de Vitória, no Espírito Santo, sem prevista de reposição.

Numa tentativa de desmobilização da greve, Temer anunciou a “redução” dos combustíveis nas refinarias da Petrobras, mas não recuou da política de reajustes atrelados ao dólar e ao mercado internacional. Nada impede, portanto, que no dia seguinte os preços dos combustíveis sejam majorados pela estatal.

O governo Temer também não conseguiu dar solução à principal reivindicação dos caminhoneiros, que é a redução de impostos em até 50%. A resposta do Palácio do Planalto foi que são “imexíveis” os tributos que incidem nos combustíveis.

Compartilhe agora!