Golpista Temer deu fim ao Fundo Soberano criado por Lula

Publicado em 22 maio, 2018

Uma medida provisória editada nesta segunda-feira (21) pelo ilegítimo Michel Temer extinguiu o Fundo Soberano do Brasil (FSB) criado em 2008 pelo então presidente Lula. A poupança do governo servia para aumentar a riqueza, estabilizar a economia e promover investimentos de interesse nacional. Mas em tempos de golpe, nada disso faz sentido para o governo ilegítimo.

Segundo a MP, o dinheiro do fundo vai para pagamento da Dívida Pública Federal. Porém, mesmo com esses recursos e com o dinheiro arrecadado com as privatizações, a dívida só cresce.

O Fundo foi composto por recursos arrecadados com o superávit primário, recursos do Tesouro Nacional, títulos públicos de empresas como o Banco do Brasil e a Petrobras e outras aplicações financeiras. O governo golpista já vinha resgatando recursos para pagar juros da dívida pública. Até o final do ano passado o fundo tinha R$ 26 bilhões.

A extinção do fundo já estava nos planos do governo como parte das medidas para tentar salvar a combalida economia nacional. Agora, o Tesouro Nacional vai vender as ações de empresas públicas em poder do fundo para embolsar os recursos e encerrá-lo de vez.

Com informações da Agência Brasil.