Bolsonaro, Ciro, Alvaro, Marina e Alckmin respiram aliviados com desistência de Barbosa

Não necessariamente que irão herdar os 12% a 16% de intenção de votos de Joaquim Barbosa. Mas Jair Bolsonaro (PSL), Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede), Alvaro Dias (Podemos) e Geraldo Alckmin (PSDB) respiram mais aliviados e se engalfinham com a desistência do candidato do PSB.

No último levantamento, o ex-ministro do STF dava uma sova no deputado Jair Bolsonaro, de 37% a 32%, no segundo turno.

O filho de Bolsonaro, vereador do Rio Carlos Bolsonaro (PSL), pelo Twitter, ironizou a desistência de Barbosa: “Todas as matérias da mídia que colocam Joaquim Barbosa como do nada passando Bolsonaro, deduzimos que desistiu para que possibilite que o Capitão tenha mais chances de ser presidente! ! Esses caras são uma piada!”.

Sem a presença do ex-presidente Lula na disputa, os cinco candidatos que teimam negar a política — embora todos eles sejam políticos há décadas — agora se engalfinham para herdar o suposto eleitorado de Barbosa.

Bolsonaro, Ciro, Alvaro, Marina e Alckmin formam o 2º pelotão na disputa presidencial deste ano.

A tendência é que Lula, mesmo preso, emplaque um “poste” do PT no segundo turno eleitoral.