Por Redacao

Aldo Rebelo é vaiado no 1° de maio em Curitiba

Publicado em 01/05/2018

O ex-ministro dos governos de Lula e Dilma, Aldo Rebelo, atualmente pré-candidato à presidência da República pelo Solidariedade, foi vaiado durante o seu discurso no 1° de maio, realizado nesta terça-feira em Curitiba.

Ao lado do sindicalista Juruna, da Força Sindical, Aldo Rebelo recebeu apupos e gritos de “traidor”, “pelego” e “golpista” — uma alusão ao partido Solidariedade, presidido por Paulinho da Força, que apoiou o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Aldo Rebelo não conseguiu concluir a sua fala e se irritou com as vaias dos manifestantes.

Ex-militante do PCdoB e com uma passagem relâmpago pelo PSB, Aldo Rebelo tem mantido conversas frequentes com os também pré-candidatos Geraldo Alckmin (PSDB) e Rodrigo Maia (DEM).