Suplicy barrado na PF de Curitiba

Foto de Eduardo Matysiak.

O ex-senador e atual vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy, foi barrado nesta quinta (26) na Polícia Federal de Curitiba. Ele foi até à capital paranaense com o intuito de visitar o ex-presidente Lula.

Suplicy exibiu uma cartilha da ONU sobre as “Regras de Mandela” que estipula o direito de os presos políticos, como Lula, de receber visitas de amigos, parentes e advogados.

O vereador paulistano disse escreveu uma carta para Lula em que manifesta interesse de passar um tempo com o ex-presidente para discutir a ampliação do projeto renda mínima.

Suplicy foi barrado na PF de Curitiba juntamente com 3 mil cartas que ele gostaria de entregar a Lula.

Assista ao vídeo:

Comentários encerrados.