Raúl Castro: ‘Lula está submetido à prisão política para não participar das eleições’

O presidente de Cuba Raúl Castro, em seu discurso de transmissão de cargo, afirmou nesta quinta (19) que o ex-presidente Lula foi submetido a prisão política para que não participe das eleições presidenciais de outubro. O petista é líder em todas as pesquisas de opinião.

LEIA TAMBÉM
Barack Obama poderá visitar Lula, “o cara”, na PF de Curitiba

Segundo Castro, seu amigo pessoal Lula foi arbitrariamente preso após o golpe parlamentar contra a presidenta eleita Dilma Rousseff.

“Lula está submetido à prisão política para impedir que ele participe das próximas eleições presidenciais, já que segundo diferentes pesquisas, se houvesse eleições hoje, ninguém poderia ganhar de Lula”, discursou Raúl após transferir o cargo para o novo presidente eleito Miguel Díaz-Canel. 

Como se vê, caro leitor, Lula é unanimidade em todo o mundo. Do norte-americano Barack Obama, que poderá visitá-lo na Polícia Federal de Curitiba, ao líder cubano Raúl Castro. Portanto, a prisão do ex-presidente começa a ser um passivo para o golpe de Estado brasileiro.

Comentários encerrados.