PT entra na Justiça para impugnar pesquisa DataFolha sem o nome de Lula: Tendenciosa

Compartilhe agora!

Foto Ricardo Stuckert

Da Redação

Nesta sexta-feira (13/04), o PT entrou com representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para impugnar pesquisa eleitoral Datafolha sem o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A pesquisa teve início em 11 de abril e a divulgação dos resultados está prevista para este domingo, dia 15.

Segundo a representação, o questionário aplicado tem, pelo menos, sete perguntas que causam danos ao PT e a Lula, seu pré-candidato à presidência da República em 2018.

O questionário ignora a  pré-candidatura  oficial do PT e apresenta perguntas tendenciosas com potencial  para  induzir entrevistados e manipular os resultados da pesquisa.

Por exemplo, a pergunta a P.2 indaga acerca do voto para o cargo de presidente e o faz por meio de resposta estimulada. Em seis dos nove cenários hipotéticos apresentados, não consta o número de Lula.

Diferentemente do que faz na pergunta estimulada de intenção de voto, quando omite o nome Lula, o Datafolha no momento de apurar a rejeição dos possíveis candidatos insere o nome do ex-presidente.

Considerando que os  danos serão de difícil reparação, o PT  requer  a tutela antecipada, pedindo que seja determinada a suspensão da divulgação do resultado no domingo.

Representação para impugnar pesquisa Datafolha by Conceição Lemes on Scribd

Compartilhe agora!