PT de Minas ‘vê tentativa de reedição do golpe’ contra governador Pimentel


O Partido dos Trabalhadores de Minas Gerais “vê com preocupação a tentativa de reedição em Minas Gerais do golpe que retirou do poder uma presidenta eleita pelo voto popular em uma ação que mergulhou o país em sua mais grave crise”, diz a nota do diretório petista.

“A tentativa de impeachment apresentada pela oposição nesta sexta-feira (26) contra o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, não é nova, a oposição já tentou antes”, declarou o líder do governo mineiro, deputado Durval Ângelo (PT). Confira na íntegra a nota do PT mineiro.

NOTA OFICIAL DO PARTIDO DOS TRABALHADORES DE MINAS GERAIS

O Partido dos Trabalhadores de Minas Gerais vê com profunda preocupação a tentativa de reedição, em Minas Gerais, do golpe que retirou do poder uma Presidenta eleita pelo voto popular, em uma ação que mergulhou o país em sua mais grave crise.

A história de então ora se repete, também tendo como objetivo, única e exclusivamente, a tentativa de barrar a atuação de um Governo democraticamente eleito, a menos de seis meses das eleições, com uma denúncia insustentável e sem a devida fundamentação jurídica.

Embora passados apenas dois anos daquela decisão arbitrária, todos sabem que lugar a história reservou aos artífices da derrubada da primeira mulher Presidenta do Brasil. Estamos certos, porém, de que o bom senso e a defesa da democracia prevalecerão, e o que ocorreu no país não acontecerá em Minas Gerais.

A estabilidade, entre os mineiros, é e sempre será o melhor caminho.