PF de Curitiba barra visita de Prêmio Nobel da Paz ao ex-presidente Lula

O argentino Adolfo Pérez Esquivel e o teólogo Leonardo Boff foram impedidos pela Polícia Federal de Curitiba de visitar o ex-presidente Lula, encarcerado desde 7 de abril. Eles chegaram a entrar na Superintendência da PF, mas não conseguiram chegar ao preso político. Abaixo, assista ao vídeo.

Esquivel disse à imprensa que aguarda para hoje (19) ainda que a juíza Carolina Lebbos o autorize visitar o ex-presidente haja vista que ele embarca amanhã para Buenos Aires.

Enquanto aguarda a decisão judicial, o Prêmio Nobel da Paz visita o acampamento Lula Livre.

Assista ao vídeo:

Comentários encerrados.