José Dirceu admite “nunca mais” sair da cadeia e fala sobre prisão de Lula

Publicado em 20 abril, 2018
Compartilhe agora!

O ex-ministro José Dirceu, 72, afirmou à Folha que é uma hipótese entrar na cadeia para não sair nunca mais e discorre sobre a injusta prisão política do ex-presidente Lula.

O ex-ministro teve a condenação confirmada nesta quinta-feira (19) pelo TRF4, um tribunal de segunda instância, mas considera que país vive uma situação de insegurança e instabilidade jurídica, de violação dos direitos e garantias individuais.

“O aparato judicial policial se transformou em polícia política”, disse à jornalista Mônica Bergamo.

Dirceu detalhou na entrevista como é a rotina dos presos na penitenciária de Piraquara, região metropolitana, onde, a princípio, ele terá de cumprir toda a pena. O ex-ministro foi condenado a 40 anos em regime fechado.

Sobre a antecipação da pena de Lula, o ex-ministro considerou uma indignidade o ex-presidente ser condenado e preso injustamente.

Dirceu disse ainda que Lula não deve ser isolado do mundo, como por exemplo mandato para um quartel do Exército. “Ele deve conviver com outras pessoas, pensar o país, pensar no que está acontecendo. Ele não está proibido de fazer política só porque está preso.”

Compartilhe agora!