Gleisi Lula Hoffmann: “O povo quer Lula livre, Lula presidente!”

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Lula Hoffmann, antecipa que o PT reafirmará a candidatura presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva nesta segunda (22), em Curitiba, durante reunião do diretório nacional.

O povo quer Lula livre, Lula presidente!

Gleisi Lula Hoffmann*

Na reunião do Diretório Nacional desta segunda-feira (23), em Curitiba, o Partido dos Trabalhadores reafirmará a candidatura presidencial do companheiro Lula. O sentimento de que Lula deve ser o próximo presidente não é apenas do partido e de nossa militância: é a vontade da maioria do povo brasileiro, que é percebida nas ruas, nas redes sociais e nas pesquisas.

A Folha de São Paulo, que apoiou o golpe de 2016 contra Dilma Rousseff e defendeu a prisão ilegal de Lula, teve de registrar na edição deste domingo uma reportagem com eleitores de Lula que sustentam com firmeza nossa decisão. O que estes eleitores convidados pela reportagem afirmam, em primeiro lugar, é que Lula é inocente e não poderia ter sido condenado pela Lava Jato.

“Admitir uma (candidatura) alternativa ao ex-presidente, diz o advogado Giovani Doratiotto, ‘é acreditar que o aconteceu com Lula é o correto, o justo’”, registra a reportagem. De fato, Lula foi vítima de um julgamento injusto, por juízes parciais, que o condenaram sem provas e sem explicitar o crime que ele não cometeu, na primeira e na segunda instâncias. Isso não pode ser aceito.

Os convidados para a reportagem dizem que falar agora em Plano B seria aceitar o julgamento parcial e ilegal de Lula. E que a prisão ilegal de Lula acabou servindo para unificar muitos setores populares e da esquerda. “Jogaram uma pedra na colmeia”, disse a professora Luciana Nascimento. “Deu sangue no olho da esquerda, foi até bom para unificar”.

Não descansaremos enquanto não liberarmos Lula da prisão, do isolamento, da solidão. Lula não merece passar por isso tudo. Foi e é o maior líder popular da nossa história. Tem um legado incomparável com os outros governantes deste país.

As palavras de quem foi entrevistado pelo jornal Folha de São Paulo não são de dirigentes partidários, mas de pessoas que expressam a indignação popular com a injustiça e o martírio a que Lula está sendo submetido. É a confirmação de que a maioria do povo brasileiro não aceita como natural a prisão de seu maior líder, como quer fazer a TV Globo e a mídia que a segue.

Por isso vamos em frente com a candidatura de Lula, vamos aprová-la em convenção nacional e registrá-la no Tribunal Superior Eleitoral em 15 de agosto, como prevê a legislação. O Povo sabe que Lula é inocente. O povo quer Lula livre e Lula presidente.

*Gleisi Lula Hoffmann é senadora (PT-PR) e presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores.

Comentários encerrados.